Entulhos: saiba o que fazer com os “restos” de sua obra

A requisição de caçambas para a retirada de entulhos de construções civis e afins é muito mais simples do parece, e pode ser de graça. Saiba mais.

Publicado em 09/11/2012

Avalie este Artigo
1

Durante a construção de uma obra, seja ela civil ou de uma casa, sempre sobram entulhos que, aparentemente, ficarão jogados em frente ao imóvel sem nenhuma serventia. A situação pode causar incômodos na vizinhança e dores de cabeça ao responsável pela obra. No entanto, existe uma solução simples e prática para este problema.

entulho.jpgFoto: Free Digital Photos

Os restos de madeira, gesso, terra, lã de vidro e demais resíduos podem ser recolhidos por caçambas disponibilizadas pela prefeitura de sua cidade ou por empresas especializadas no setor.

Os preços e serviços oferecidos pelas companhias e pela Prefeitura, contudo, variam de acordo com o lugar. Por exemplo, em São Paulo, se a reforma for pequena, a prefeitura local se encarrega de remover os entulhos por coleta domiciliar convencional, desde que o peso máximo dos detritos some 50 kg e estejam devidamente embalados.

Em casos quando o tamanho do resíduo equivale a um metro cúbico ou menos, existe a possibilidade de descartá-lo gratuitamente nos Ecopontos (iniciativa de São Paulo), o que é também uma solução ecologicamente correta para a situação.

No estado do Rio de Janeiro, o esquema é semelhante ao estado paulista. A Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) oferece a remoção gratuita de entulhos, desde que seja respeitada a quantidade máxima de 150 sacos de 20 litros.

Em casos quando a cota ultrapassa o permitido pela prefeitura da cidade, o ideal e mais seguro é recorrer ao aluguel de caçambas. Os preços possuem uma média fixa, mas podem ser alterados de acordo com o tipo de resíduo no local.

As sobras que contêm uma menor variedade de detrito, sem “lixo”, são mais baratas, enquanto as que possuem galhos de árvores, gesso, lã de vidro e demais detrimentos, fazem o preço da caçamba ser mais elevado.

O mais importante, ao alugar uma caçamba, porém, não é o preço que a empresa determina e sim verificar se a mesma se responsabiliza em despejar os entulhos em locais apropriados, que não afetem ou prejudiquem a natureza.

Dessa forma, para evitar problemas posteriores, viabilize um contrato com a companhia responsável pela coleta dos entulhos, de forma que a mesma se responsabilize totalmente pelo destino dos resíduos.


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

© 2009 - 2014 Construindo e Reformando Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.216 s!