Como identificar falsos produtos sustentáveis

Está pensando em fazer uma reforma sustentável? Então clique e confira dicas do Construindo e Reformando para não ser enganado!

Publicado em 28/02/2014

Avalie este Artigo
1

Como identificar falsos produtos sustentáveis

Target: materiais de construção

Título da página: Falsos produtos sustentáveis | Construindo e Reformando

Descrição: Está pensando em fazer uma reforma sustentável? Então clique e confira dicas do Construindo e Reformando para não ser enganado!

Tag/keys: “reforma sustentável, sustentabilidade, materiais de construção sustentável”

Com a sustentabilidade e a preocupação com o meio ambiente em alta, muita gente tem recorrido aos materiais de construção sustentáveis na hora de organizar o orçamento de uma obra. Porém, não se pode confiar em qualquer produto que diz ser “verde” – e por isso há uma cartilha com alguns cuidados que se deve tomar antes de comprar produtos que dizem ser desse tipo.

 sustentabilidade

 Veja abaixo:

1. Falta de Prova

Todas as informações ambientais têm rótulos específicos, dados por empresas que garantem a qualidade e fazem o controle sustentável do produto com base em testes e pesquisas. De nada adianta a empresa afirmar que um produto é sustentável sem ter o respaldo de provas e certificados.

Muitas empresas usam a estratégia da nomenclatura “eco sustentável”, mas o termo deve fazer sentido dentro daquele contexto. Fique sempre atento a afirmativas vagas demais, pois geralmente é aí que está o problema.

2. Os Falsos Rótulos

Muitas empresas criam rótulos com cores pastéis e tons de verde, remetendo a algo natural e sem tanto impacto sobre o meio ambiente. Esta é a jogada de marketing mais fácil de ser utilizada, já que é muito comum julgarmos os produtos com base em suas embalagens. 


Aqui, o cuidado é: não confundir um selo de certificação oficial com o que a própria empresa criou para aquele invólucro.

3. Irrelevância

Sempre se pergunte se as informações sobre problemas ambientais são, de fato, relevantes. Dizer que um produto é isento de CFC, por exemplo, não é nada substancial, já que isso é imposto por lei.

Com essas dicas fica mais fácil adquirir produtos que realmente são sustentáveis, por isso fique de olho!

Imagens via Free Digital Photos

 


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

© 2009 - 2018 Construindo e Reformando Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.029 s!