Equipamentos Para Aumentar a Segurança Residencial

Muitas invasões poderiam ser evitadas com o auxílio de recursos para potencializar a segurança patrimonial. Conheça alguns deles no blog Construindo e Reformando!

Publicado em 16/03/2016

Avalie este Artigo

Nossa casa pode ser entendida como um verdadeiro abrigo, protegendo-nos de toda e qualquer ameaça externa. Porém, diante do alto número de casos de invasões, é preciso inverter os papeis e adotar medidas de proteção para a própria residência.

A verdade é que muitos dos assaltos a moradias poderiam ser evitados se medidas de precaução fossem adotadas, incluindo não somente o comportamento preventivo, mas também, recursos capazes de potencializar a segurança patrimonial.

Pensando nisso, listamos alguns dos principais e mais eficazes métodos destinados a reduzir e identificar as vulnerabilidades comuns em grande parte das residências. Confira as dicas!

casa-sistemas-seguros.jpg 

Portões automáticos e sensores

Junto com esse item é possível utilizar mais de um sistema de segurança residencial. Pode-se partir da instalação de um portão eletrônico, seguido por câmeras de segurança - ideais para verificar quem circula ou tenta acessar o imóvel. Sensores infravermelhos para detecção de movimento também ajudam a prevenir invasões, ainda mais que diante da ação denunciada, o assaltante, muitas vezes, acaba fugindo.

 

Portas blindadas e resistentes

Para certificar-se de ter portas, realmente, resistentes, a instalação de uma porta blindada é a melhor opção. Os modelos incluem, até mesmo, portas blindadas com alarme e portas com fechaduras biométricas. Se desejar algo mais simples, mas ainda eficaz, os trincos e trancas de seguranças podem ser utilizados, a fim de substituir fechaduras originais de fábrica.

Portas com barras de ferro também são opções, que mesmo podendo não agradar critérios estéticos, possuem alta eficácia no aumento da segurança. Além disso, portas deslizantes também precisam de trancas, impossibilitando que pessoas não autorizadas consigam abrir-lá pelo lado de fora.

 

Janelas são barreiras de acesso

Janelas desprotegidas podem servir como um meio de acompanhar o que se passa no interior da residência. Comece adotando cortinas pesadas, que bloqueiem a visibilidade de fora para dentro. A proteção final fica por conta de grades para janelas, resultando em mais uma barreira para o acesso de invasores.

 

Muros e cercas elétricas para completar

Muros altos nem sempre são sinônimos de segurança. Isso porque, uma casa com a visibilidade totalmente bloqueada, impede, por exemplo, que os vizinhos percebam movimentações suspeitas. A recomendação é investir em cercas elétricas, capazes de denunciar e repelir invasões por cima dos muros. Para completar, use iluminação no perímetro da casa, já que a escuridão pode facilitar a movimentação indesejada.

 casa-cerca-eletrica-segura.jpg

Garagem com alarme

Muitas vezes esquecida, a garagem também merece atenção especial - afinal, trata-se de uma ampla zona de acesso à casa. O cuidado engloba a porta de acesso entre garagem e residência, o portão principal para entrada do veículo e, é claro, o próprio interior do espaço, sendo indicado ativar alarmes e sistemas de segurança eletrônica no local.

Se a intenção é garantir monitoramento completo, sistemas mais elaborados, como o Circuito Fechado de TV para Sistemas de Vigilância (CFTV) são boas pedidas, podendo ser controlados por empresas de monitoramento profissional.

 

Imagens: Elecomista e 3avtec


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

© 2009 - 2017 Construindo e Reformando Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.038 s!