Jardim seco é uma boa ideia para pequenos ambientes

Tem um pequeno ambiente e gostaria de decorá-lo com um pequeno jardim? Então confira as dicas no blog Construindo e Reformando!

Publicado em 06/08/2014

Avalie este Artigo

Mora em um imóvel pequeno, mas tem vontade de criar plantinhas para deixar o ambiente mais natural? Então o jardim seco, última moda em design de interiores, foi feito na medida certa para você. Além de não dispensar a necessidade de serviços de jardinagem profissionais, este tipo de mini quintal também não necessita de agrotóxicos, o que deixa a sua manutenção mais prática e econômica – além de fazer com que você fique livre desses produtos químicos dentro de casa.

 jardim seco

Escolhendo as plantas certas


Mas, fazer um jardim seco não significa apenas plantar em vasos e utilizar pedrinhas ao invés de areia no resto do ambiente. Você precisa escolher plantas típicas de ambientes áridos, como babosa (aloe vera), diversos tipos de cacto (euphorbia ingens, por exemplo) e a pata-de-elefante (de nome científico beaucarnea recurvata).

 

Outros vegetais que não são necessariamente de locais secos também podem ser utilizados neste tipo de jardim, como é o caso da rosa-de-pedra (echeveria gibbeflora) e da palma-brava (opunca leucotricha).

 

Manutenção


Por fim, mas não menos importante, atente-se para a manutenção do jardim seco, que deve ser feita com uma certa frequência, mas não costuma durar mais do que cinco minutos. Um forro de areia e pedrinhas é ótimo para a drenagem do solo. Este modelo de jardim não suporta o excesso de água, mas você também deve ter cuidado com o acúmulo de poeira, que pode ser prejudicial às plantas. Por isso, retire sempre as folhas secas e amareladas e limpe, com um pano úmido, o excesso de poeira.

 

Imagem: Flor & Ser


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

© 2009 - 2017 Construindo e Reformando Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.048 s!