Muros de vidro: que tal renovar seu imóvel?

Muros de vidro são uma excelente escolha na hora de dar uma renovada no visual da sua casa. Saiba mais no Construindo e Reformando!

Publicado em 26/11/2014

Avalie este Artigo

As nossas cidades, carros, roupas… Enfim, tudo o que temos e o que somos é, periodicamente, bombardeado por novas modas, tendências ou estilos. Algumas são passageiras, outras vêm para ficar e fixam-se no nosso dia-a-dia. Uma dessas novas tendências é o muro de vidro, que vem sendo cada vez mais recomendado e utilizado pelos profissionais de design, fazendo a cabeça dos proprietários de residências. Os muros de vidro passaram de algo apenas visual para uma tendência, um estilo. Esses muros proporcionam além de um visual lindo, leve e cheio de vida, um sentimento de liberdade, e não de aprisionamento, como os muros tradicionais.

 Muros de vidro

As cores desse tipo de muro, assim como os de alvenaria e grades, não são muito variadas, até para manter o visual mais sóbrio da propriedade. Os tons escolhidos devem ser decididos com base na cor da fachada e no jardim que se deseja exibir, por isso, as opções mais comuns são vidros incolores, esverdeados e fumê.

 

Por terem o vidro como um material delicado, muitas pessoas colocam a segurança do muro em cheque, mas não é algo a se preocupar, pois a grande visibilidade proporcionada pelo vidro inibe a ação de marginais e, além disso, existe a opção de usar vidros temperados e laminados, que são mais resistentes.

 

Os muros de vidro também são uma ótima escolha de técnica de paisagismo, já que o proprietário da residência tem a oportunidade de deixar sua fachada à mostra, exibindo todo o potencial estético da casa e ser muito atraente para os transeuntes.

 

Portanto, quando desejar dar um ar renovado à sua casa, você pode pensar em muros de vidro para aliar requinte, bom gosto, design e modernidade.


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

© 2009 - 2017 Construindo e Reformando Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.02 s!