Para que serve o processo de impermeabilização?

A impermeabilização garante o isolamento dos materiais de uma edificação para protegê-los contra líquidos e vapores, mantendo a construção segura.

Publicado em 21/02/2013

Avalie este Artigo
5

impermeabilização garante o isolamento dos materiais que fazem parte de uma construção, a fim de protegê-los contra o contato com líquidos e vapores indesejados. Dessa forma, é possível garantir a segurança de todo o processo de edificação de um imóvel, auxiliando também em suas condições de habitabilidade no futuro.

O procedimento é feito a partir da aplicação de determinados produtos elaborados especificamente para preservar várias áreas de uma obra contra água da chuva ou qualquer outra situação que envolva a umidade exagerada, como o banho ou ainda a lavagem da garagem, por exemplo.

Assim como qualquer outra etapa da construção civil, a impermeabilização deve ser planejada com antecedência e cautela, para proporcionar não apenas conforto e economia ao consumidor, mas também segurança ao imóvel. Caso contrário, essa medida que serviria como precaução pode vir a comprometer a edificação e ainda prejudicar a saúde de quem ali viver.

projeto.jpg Crédito da Imagem: Free Digital Photos.

Infiltrações causadas por uma impermeabilização mal feita podem ocasionar rachaduras nas paredes, mofo e concreto, alvenaria e armaduras mais frágeis, sem contar com os fungos que passam a fazer parte da construção, diminuindo sua vida útil.

Com esses problemas, será necessário fazer reformas com mais frequência, o que gera dores de cabeça e gastos extras, que seriam evitados caso o imóvel fosse devidamente impermeabilizado. Por isso, é necessário contratar um profissional comprometido e confiável. Além disso, os produtos escolhidos devem ser de qualidade e adquiridos em lojas de boa reputação.

Para completar os cuidados, o consumidor deve entender a real necessidade de impermeabilizar seu imóvel e entender um pouco do assunto, para não ser logrado. Nesse sentido, algo que pode ser bastante útil é conhecer os diferentes tipos de impermeabilização, que são:

Pré-fabricada. Também conhecido como manta asfáltica, este tipo de impermeabilização possui espessuras controladas e definidas pelo processo industrial;

Moldada no local da construção. Como o próprio nome sugere, esta impermeabilização é feita no local de forma quente (asfalto em bloco) ou ainda fria (por meio de emulsões e soluções);

Rígida. Feita com argamassa polimérica, disponibiliza maior proteção mecânica à superfície onde foi colocada.

Cabe ao proprietário do imóvel, juntamente com o profissional responsável pela obra, definir qual tipo de impermeabilização será mais eficiente para a edificação a ser concluída. Dessa forma, todos os cuidados necessários para garantir uma construção de qualidade serão tomados.


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

© 2009 - 2019 Construindo e Reformando Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.043 s!