Proteja seu imóvel: conheça os tipos de alarme residencial

Sistemas de segurança são os meios mais eficazes para proteger um imóvel. Veja quais são os tipos de alarme residencial disponíveis no mercado.

Publicado em 14/02/2013

Avalie este Artigo
3

Considerando o alto índice de assaltos em cidades de todo o Brasil, os sistemas de segurança passaram a ser considerados altamente eficazes quando o objetivo é proteger um imóvel. Por isso, foram desenvolvidos vários aparelhos que funcionam de acordo com a precisão do consumidor, impedindo que roubos e invasões sejam uma preocupação constante.

Dentre as ferramentas disponíveis, estão os alarmes residenciais, que são encontrados em diferentes tipos, cada um com uma função bem específica.

 

segurança.jpgCrédito da imagem: Free Digital Photos

 

alarme de porta, por exemplo, é acionado toda vez que uma porta é aberta ou mesmo arrombada em uma casa. Ele deve ser colocado em todas as portas externas, inclusive nas da garagem. Já o alarme de janela deve ser posto em todas as janelas da residência, na parte inferior e por dentro, para impedir que o invasor o desative ou quebre o equipamento enquanto tenta assaltar ou causar danos aos moradores.

Outra opção é o alarme de sensor de movimento, que é um dos mais completos e do mercado. Ele funciona através de um padrão de movimentação específico, a fim de captar movimentos bruscos, incomuns ou suspeitos que ocorram dentro ou fora de casa.

Assim que detecta um intruso na área, o aparelho, que pode funcionar por meio de luzes, radar ou ondas sonoras, indica se quem está no local utiliza máscaras ou é apenas um animal, por exemplo. Outra vantagem do eletrônico é que assim que uma ameaça é verificada, ele aciona a polícia mais próxima.

No caso do alarme detector de calor, ocorre a emissão de um alarme sonoro toda vez que a temperatura passar do limite pré-estabelecido, indicado, portanto, para evitar acidentes envolvendo fogo. O aparelho é instalado preferencialmente em sótãos, cozinhas e em casas de campo. Outra função é identificar a presença de gases nocivos e tóxicos, acionando a estação que monitora a segurança que, por sua vez, entra em contato com os bombeiros locais.

Outra opção é a cerca elétrica residencial, que além de funcional, é o único método que dispara o alarme antes que alguém entre no imóvel, deixando o morador alerta a qualquer tipo de perigo.

Alternativas não faltam no mercado. Na hora de escolher o melhor sistema de segurança para a sua casa, os moradores devem pesquisar preços, condições de pagamento e entender, juntamente à empresa responsável pelo produto, como o aparelho funciona.


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

© 2009 - 2017 Construindo e Reformando Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.041 s!