Recursos utilizados para saber o valor de um imóvel

Clique e saiba quais são os recursos necessários para calcular o valor de um imóvel, para compra ou venda, com as dicas do Construindo e Reformando!

Publicado em 24/01/2014

Avalie este Artigo
5

Para colocar um imóvel a venda ou mesmo para saber se o valor requerido é coerente com a casa ou apartamento que pretende adquirir, nada mais importante do que conhecer alguns dos recursos utilizados no momento da procura pelos valores ideais de um imóvel. Concorda? Então confira a seguir algumas dicas importantes e acerte na hora de comprar ou vender seu “produto”:

1 – Consulte um corretor: na hora de vender um imóvel a consulta de um corretor de imóveis vai ajudar a definir um valor dentro do mercado. Se o imóvel é colocado à venda dentro de uma imobiliária, muitas vezes o serviço de avaliação não é cobrado. Mas, caso o proprietário queira uma consulta, o corretor irá cobrar pelo serviço. O valor dos honorários é possível ser verificado nos sites de conselhos regionais de corretores de imóveis de cada região;

 imobiliaria.jpg

2 – Acesse sites que ajudem a estimar o valor do imóvel: sites como “Quanto Vale meu Apê?” e o “123i”, possuem ferramentas que permitem encontrar boas estimativas a respeito do valor do imóvel, ou de imóveis parecidos em um mesmo bairro. É importante destacar que os valores utilizados não podem ser considerados como uma avaliação formal e sim apenas como uma referência para o mercado;

3 – Pesquise sobre imóveis similares: busque por imóveis à venda na mesma rua, ou em endereços próximos, desta forma é possível saber se a avaliação já feita por uma imobiliária está dentro dos moldes para a região. Sites como o Viva Real, Zap Imóveis e Imovelweb, possuem vários anúncios em diversas cidades do Brasil;

4 – Saiba o que pode instigar o valor do imóvel: o valor pode ser afetado por fatores como a localização, o tamanho, o estado de conservação do imóvel, a área de lazer do condomínio, entre outros. Apartamentos que pegam mais sol que outros e andares mais altos costumam ser mais caros.

Seguindo estas dicas básicas é possível garantir um bom negócio tanto para quem o compra, quanto para quem o vende.

Crédito da imagem: ZapImóveis

 


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

© 2009 - 2018 Construindo e Reformando Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.067 s!