Engenharia Civil - Algumas possibilidades no mercado de trabalho

A engenharia civil consolidou-se no mercado de trabalho como uma das áreas mais lucrativas. Por isso, chama a atenção de vários profissionais. Saiba mais.

Publicado em 09/01/2013

Avalie este Artigo

engenharia consolidou-se no cenário do mercado de trabalho atual como uma das áreas mais amplas e lucrativas. Isso porque, os diferentes campos em que um engenheiro pode atuar abrem caminho para um grande número de possibilidades laborais não apenas no setor de engenharia.

Aqueles que desejam seguir o ramo ambiental, por exemplo, podem criar métodos sustentáveis de desenvolvimento e economia. Assim como um engenheiro de produção pode exercer sua função nos recursos financeiros, humanos ou até mesmo buscar formas de proporcionar maior produtividade a uma empresa.

 

eng civil.jpg Foto: Free Digital Photos

Contudo, o ramo mais conhecido e também um dos mais procurados é a de engenharia civil. Compreende desde o projeto, administração e execução das obras. Um engenheiro civil, portanto, acompanha uma construção desde seu início até o momento de sua conclusão, a fim de manter as casas e edifícios ideais para moradia ou comércio.

Mais especificamente, o engenheiro civil tem a função de analisar o local escolhido para a realização da obra, observando desde o solo até o material mais adequado para ser utilizado. Neste mesmo contexto, o profissional de engenharia deve fazer estudos a respeito da insolação e ventilação do lugar, assim como da estrutura de modo geral e, especificamente, das instalações elétricas e hidráulicas.

Equipes de trabalho, prazos, padrões de segurança, custos e demais recursos que requerem gerenciamento ficam igualmente a cargo do engenheiro civil. Que atualmente dispõe de variadas oportunidades de trabalho no mercado, com tendência de crescimento cada vez mais.


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

© 2009 - 2018 Construindo e Reformando Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.059 s!