O que observar na hora de escolher o seu aquecedor a gás

Clique e descubra como escolher o melhor aquecedor a gás para manter sua família aquecida no inverno de 2014!

Publicado em 27/01/2014

Avalie este Artigo
5

O aquecedor a gás é uma das maiores utilidades domésticas para quem mora nas regiões sul e sudeste do país, pois diminuem o consumo de energia elétrica durante as estações mais frias – e mesmo que seja necessário gastar com o gás, esse aquecedor representa economia se comparado aos eletrodomésticos comuns.

Existem basicamente dois tipos de aquecedores domésticos a gás:

aquecedor a gas.jpg Por Acumulação: conta com um aquecimento que faz a água passar por um sistema de serpentina, aquecendo como um todo de uma só vez. Depois disso, a água vai para o local de armazenamento escolhido, como um tanque instalado no forro ou em armários específicos.

Por Passagem: os dispositivos que contam com este tipo de aquecimento aquecem a água gradualmente enquanto ela passa pelo sistema de serpentina que fica ao redor da câmara de combustão. Isso significa que a água não necessita de reservatório – e que o aquecimento dela pode ser um pouco mais demorado do que no tipo de aquecedor anterior.

Outro item que faz a diferença no custo-benefício do aparelho é o tipo de gás que ele utiliza. Os modelos que funcionam a gás natural costumam consumir mais energia do que os modelos de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo, aquele do botijão). Há algumas maneiras de adaptar o modelo para o tipo de gás. Isso pode ser feito com a substituição de algumas peças internas e o aquecedor precisa ser regulado novamente, de preferência com a ajuda de um profissional.

Pronto para economizar?

Imagem: Bubblews

 


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

© 2009 - 2017 Construindo e Reformando Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.052 s!